OLIMPÍADAS DE MATEMÁTICA E LÍNGUA PORTUGUESA – ETAPA


A 18ª Olimpíadas de Matemática e 15ª de Língua Portuguesa tem por objetivo estimular o intercâmbio em um clima saudável de competição entre alunos e professores das escolas parceiras do Sistema Etapa realizada no Acampamento NR2.

O 13º Desafio de Competências e Habilidades do Sistema Etapa tem por objetivo estimular a prática dos conhecimentos multidisciplinares aprendidos durante todo o ensino básico pelos alunos do 3º ano do ensino médio.

A vasta experiência com a participação de nossos alunos em várias competições oficiais desse tipo tem mostrado o aumento do interesse e da intensidade do estudo por parte dos alunos.

Essa maior dedicação dos alunos exige que os professores também se aprimorem na mesma medida para dar suporte aos estudantes interessados. Além disso, certamente cresce o interesse de todos em fazer a escola ter melhores resultados a cada ano.

O Colégio Eniac volta a participar em 2015 nestes Desafios encabeçado pela Profª CLARA, responsável pelo Projeto das OLIMPÍADAS, que durante 5 meses vem preparando os alunos para as Olimpíadas inclusive durante as Férias que tivemos o início das Oficinas de Matemática que foram de grande importância para os resultados deste Evento.

A participação do Eniac neste final de semana 07 e 08 de agosto foi especial no Acampamento NR2, onde 10 alunos foram acompanhados pelos professores Clara e Wesley, obtendo 4 medalhas, 2 de Matemática, 1 de Português e uma de Desafios. Independente do resultado os dez alunos já saíram do colégio sendo ganhadores, já que eles já tinham enfrentado uma pré seleção que levaram eles a participar da fase final das Olimpíadas e desafios do Sistema.

Anúncios

Olimpíada Brasileira de Matemática – OBM


Criada em 1979, a competição envolveu em 2014 mais de 564 mil estudantes e seus professores. Este ano a prova da primeira fase será realizada nas instituições cadastradas na sexta-feira, 12 de junho, a segunda fase, também realizada nessas instituições ocorrerá na sexta-feira, 18 de setembro e a terceira e última fase nos dias sábado 17 e domingo 18 de outubro, em locais a serem definidos.

Como premiação serão entregues medalhas de ouro, prata, bronze e certificados de menção honrosa. A divulgação dos resultados está prevista para dezembro.

A Olimpíada Brasileira de Matemática – OBM é um projeto aberto a estudantes de todas as instituições de ensino brasileiras, sejam públicas ou privadas, abrangendo o ensino fundamental, médio e universitário.

De acordo com o Coordenador-Geral da OBM, professor Carlos Gustavo Moreira, a competição tem o objetivo não somente de promover a melhoria do ensino de Matemática nas instituições e detectar talentos para a pesquisa científica como também de selecionar os estudantes que competirão representando o Brasil em olimpíadas internacionais do gênero.

A Olimpíada do Colégio Eniac está sob a organização da Professora Clara de Freitas.

Confira a lista dos Alunos classificados.

XXXI Olimpíada de Matemática da Unicamp –IMEC/OMU


Os alunos do Eniac estão inscritos XXXI Olimpíada de Matemática da Unicamp – IMEC/OMU, que tem por objetivo apoiar o trabalho dos professores em seu trabalho na preparação para novos desafios e conhecimentos, foi realizada a primeira fase em nossa Instituição no dia 30/05/2015 sob a coordenação da Professora Clara Freitas.

Segue abaixo a programação geral da Olimpíada:

A Comissão Organizadora da XXXI Olimpíada de Matemática da Unicamp, apresenta sua edição com o Nível Alfa e o Nível Beta, que descrevemos abaixo. É importante ressaltar que teremos duas classificações finais em cada nível, uma para alunos das escolas públicas, rede municipal e rede estadual, e outra para alunos das escolas particulares, colégios técnicos e institutos federais de ensino.

Nível Alfa – 8º ano e 9º ano do Ensino Fundamental. O Nível Alfa terá duas fases. A primeira fase será realizada na escola e a segunda fase será realizada na Unicamp. A segunda fase do Nível Alfa será na mesma data da terceira fase do Nível Beta. Esperamos dessa maneira motivar os alunos do ensino fundamental para uma formação diferenciada em matemática, visando não somente iniciar a preparação para a participação em uma olimpíada de matemática do ensino médio, mas adquirir uma melhor formação em matemática. O Nível Alfa é destinado aos alunos de escolas públicas e privadas.

Nível Beta – Ensino Médio. Destinado aos alunos do ensino médio de escolas públicas e privadas, seu principal objetivo é a motivação dos mesmos para o estudo da matemática em seus aspectos teóricos, de aplicações em situações práticas do cotidiano e a interdisciplinaridade com as diversas áreas do conhecimento. O Nível Beta, como nos anos anteriores, terá três fases, conforme o cronograma.

É importante ressaltar que a Olimpíada de Matemática da Unicamp procura incentivar os alunos no que concerne os seguintes requisitos no tratamento dos problemas apresentados: a formulação matemática do problema proposto, a clareza no raciocínio lógico, a justificativa para cada passo no processo de resolução de uma questão, a organização na apresentação da resolução de uma questão, o uso correto de unidades e figuras, quando for o caso, e a iniciativa de procurar soluções interessantes. As resoluções elaboradas com esses requisitos mostram certa maturidade do aluno em matemática. Além disso, uma resposta numérica correta não significa que temos uma boa resolução, ou uma resolução correta, e que deve receber a pontuação máxima.

image

 

Aluno do Colégio Eniac é destaque no Karatê Paulista


DSC_0071 (1)
Vitor Calvo obteve ótimos resultados na competição realizada neste final de semana
Realizado no Ginásio da Portuguesa de Desportos o torneio reuniu mais de 200 atletas da categoria. Esta foi a 24ª edição do Campeonato Paulista de Karatê. O evento contou com a presença do secretario estadual de esportes e foi realizado com apoio da Federação Paulista de Karatê.
Aluno do Primeiro Ano do Ensino Médio do Colégio Eniac, Calvo conquistou o primeiro lugar na categoria KATA Cadetes. Além do lugar mais alto do pódio, com as pontuações, Vitor ainda garantiu a classificação para o campeonato brasileiro da categoria que será realizado em Foz do Iguaçu – PR  nos dias 25 e 26 de Abril.
Vitor levou para casa mais uma medalha de bronze na categoria SHIAI.
O Colégio Eniac parabeniza o atleta e comissão técnica pela conquista e deseja boa sorte nas próximas competições.
 
Fonte: Federação Paulista de Karatê

Alunos do Eniac participam do Canguru de Matemática


ALUNOS O.CANGURUInstituição aplicará prova para os estudantes no próximo sábado, dia 21.

Mais de 130 alunos do Eniac participam do Canguru de Matemática, competição organizada pela Associação Canguru Sem Fronteiras (AKSF, em francês), que reúne estudantes de todas as idades, dos 7 aos 18 anos, que participam em seis diferentes categorias etárias, e precisam resolver 24 ou 30 testes de múltipla escolha em 90 minutos (ou mais, dependendo do país participante).
Para professora do Eniac, Clara de Freitas, é importante a participação dos alunos em provas assim pois estimula os estudos em busca sempre do melhor resultado. “Além disso, o concurso Canguru ajuda a diminuir o preconceito em relação à Matemática”, explica. As provas são realizadas nas próprias escolas inscritas. O Eniac aplicará a prova para o seus alunos no próximo sábado, dia 21.

AKSF – A Associação Canguru Sem Fronteiras foi criada oficialmente em 1995. A cada ano, em outubro ou novembro, os representantes de todos os países membros se reúnem em um encontro anual, no qual os problemas das provas do Canguru para o ano seguinte são escolhidos. Até o momento a AKSF tem 52 países membros: Alemanha, Armênia, Áustria,  Bélgica,  Bielorrússia, Brasil, Bulgária, Canadá, Catalunha/Espanha, Cazaquistão,  Chipre,  Colômbia, Costa Rica, Costa do Marfim, Croácia, Equador,  Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos,  Estônia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Holanda, Hungria, Indonésia, Irã, Itália, Lituânia, Macedônia, México, Moldávia, Mongólia, Noruega, Paquistão, Paraguai, Polônia, Porto Rico, Portugal, Quirguistão, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Suécia, Suíça, Tunísia, Ucrânia e Venezuela.

Equipe do Eniac embarca para disputar Campeonato Mundial de Robótica nos EUA


POST BLOG - MUNDIAL
A equipe do Eniac Challengers embarca no próximo mês para os Estados Unidos, onde disputará o Campeonato Mundial de Robótica, o Mundial Vex Robotics, que acontece de 15 a 18 de abril, na cidade de Louisville, no estado de Kentuck. “Estamos nos preparando desde da volta do mundial 2014, em maio do ano passado, com muita seriedade e dedicação”, diz o professor Douglas dos Reis, coordenador do Eniac Challengers.
Douglas explica que o Mundial Vex Robotics vem crescendo ano a ano. Em sua primeira versão, em 2006, eram 65 equipes concentradas no Ensino Médio (High School). Atualmente, são mais de 700 equipes distribuídas entre Ensino Fundamental (Miglle School), Médio (High School) e  Superior (College). “O Eniac é hexacampeão brasileiro na categoria High School e vice mundial”, informa.
Este ano, a equipe irá competir com dois robôs, no jogo Skyrise, que consiste na estratégia de montagem de pilastras e o encaixe de cubos. Foram oito meses de preparação para a segunda viagem internacional de Lucas Santos e Leonardo Amaral, integrantes da Equipe Challengers. Segundo eles, a ansiedade já começa quando voltam da edição anterior. “É um orgulho representar o País em uma competição no exterior”, diz Lucas. “A tensão é grande, porque é essencial um bom planejamento para a montagem dos robôs”, completa Leonardo.
Mais uma vez o Eniac será a única equipe brasileira na modalidade VEX.  As competições de robótica nos Estados Unidos têm como objetivo identificar novos jovens talentos que terão a possibilidade de participar das inovações tecnológicas dos países de primeiro mundo. Douglas ressalta que o conceito Drone, que se baseia nas novas atividades bélicas nos países como Estados Unidos, Japão e China, foi desenvolvido com o mesmo conceito de competições em 2006 no mundial Vex. “Com isso, os alunos em contato com este ambiente têm uma visão extremamente globalizada da importância acadêmica sólida”, enfatiza Douglas dos Reis.
Confira entrevista do Professor Douglas dos Reis na Rádio Boa Nova. Clique aqui