Cresce o número de crianças entre 5 e 9 anos que acessam a internet

Pesquisa revela que 51% dos pequenos usam computadores e 27% acessam a rede

Nas escolas particulares e públicas, alunos podem acessar a internet. Alguns colégios limitam os sites em que eles podem entrar

Aumenta cada vez mais o número de crianças que têm acesso às tecnologias digitais. Segundo pesquisa realizada pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC), 51% das crianças com idade entre 5 e 9 anos já usaram um computador e 27% declararam ter acessado a internet – até o ano passado essa faixa etária correspondia a 8,3% da população, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Entre as atividades mais realizadas estão os jogos online, responsáveis por 90% dos acessos. “Meus pais não me deixam ficar mais do que duas horas, mas sempre que posso acesso para jogar”, afirmou David Riker, 9 anos.

A pesquisa informou que a maioria das crianças tem acesso a internet nas residências ou em casas de amigos, seguido pelo acesso nas unidades de ensino. A maior parte das escolas públicas e particulares conta com aulas de informática onde os alunos aprendem a utilizar os softwares, digitação, organizar pastas, coordenação motora etc.

“O acesso a internet é restrito. Redes sociais, e-mails e jogos não são permitidos. Eles só podem utilizar para pegar alguma imagem para a atividade que estamos desenvolvendo ou acessar os sites educativos que a escola utiliza como método de ensino”, ressaltou a professora de informática do Grupo Educacional Eniac, Samanta Rodrigues Cremon.

Responsabilidade é dos pais

Para os educadores, o perigo está na ausência dos pais durante o período em que os filhos ficam na web. Dos entrevistados, 39% afirmam que ficam no computador sem o acompanhamento e supervisão de adultos e 47% acessam a internet de casa. Apenas 34% dos pais controlam o tempo de uso da internet e 21% não monitoram o conteúdo utilizado pelos filhos.

“Nós orientamos os pais, uma vez em que as crianças passam apenas quatro horas do dia na escola, as outras 20 horas eles passam na companhia dos responsáveis, cabendo a eles supervisionar e orientar”, afirmou o diretor Robson Rodrigues, da EPG Castro Alves, no Jardim Ponte Alta.

Redes sociais são responsáveis por 29% dos acessos

Além dos jogos, as redes sociais já fazem parte da vida dos pequenos. Dos entrevistados, 29% possuem contas em sites de relacionamento, mesmo não sendo permitido a menores. A equipe de segurança do Facebook elimina diariamente cerca de 20 mil perfis, todos relativos a usuários menores de 13 anos.

Na turma do 4º ano do ensino fundamental do Grupo Educacional Eniac, todos estão inseridos nesse universo social. “Eu tenho Facebook, Orkut e tudo o mais, porém utilizo apenas para conversar e não adiciono quem eu não conheço”, afirmou Lucas Diniz, 10 anos.

Em alto e bom som, toda a turma ensinou a reportagem do HOJE por que não podem confiar em ninguém e devem usar as redes sociais com moderação. “Não é educativo e a gente não conhece com quem estamos falando. Não podemos acessar da escola porque aqui nós estamos para aprender”, afirmou a turma, sob a orientação da professora Samanta.Pesquisa revela que 51% dos pequenos usam computadores e 27% acessam a rede

 Fonte:Guarulhos Web – http://www.guarulhosweb.com.br/noticia.php?nr=43842

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s